quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Programa do Seminário Urbs Mediaevalis


As inscrições de ouvintes continuam pelo mail grupotranslatiostudii@gmail.com. Basta enviar mensagem com nome completo, instituição e curso de origem e grau acadêmico.

domingo, 24 de setembro de 2017

Inscrições para comunicadores prorrogadas!

Prezados colegas,

Gostaríamos de informar a todos que as inscrições para comunicadores do Seminário Urbs Mediaevalis foram prorrogadas para o dia 30 de setembro

A inscrição para comunicadores está sendo realizada mediante  envio de resumo expandido (de 5 a 7 mil caracteres sem formatação)
No resumo devem constar o título do trabalho, o nome do autor e a filiação institucional.
As inscrições com o resumo em anexo devem ser enviadas para o endereço de email: grupotranslatiostudii@gmail.com

A divulgação dos trabalhos selecionados e do programa final do seminário será realizada no dia 03/10.

Lembrando a todos que o evento será inteiramente gratuito. Participem!



quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Seminário Urbs Mediaevalis


O Translatio Studii convida para o Seminário Urbs Mediaevalis

23 de outubro de 2017
UFF- Campus do Gragoatá, bloco O, auditório do PPGH (5º andar)

O seminário pretende reunir estudos acerca da cidade medieval nos seus aspectos sócio econômicos, políticos, culturais e materiais, bem como acerca das categorias sociais e suas dinâmicas que conformam o cenário urbano.

Inscrições para apresentadores: 
De 01 de agosto a 25 de setembro inscrição com envio de resumo expandido (de 5 a 7 mil caracteres sem formatação)
No resumo devem constar o título do trabalho, o nome do autor e a filiação institucional.
As inscrições com o resumo em anexo devem ser enviadas para o endereço de email: grupotranslatiostudii@gmail.com

*Em função do número limitados de vagas os trabalhos serão avaliados pela comissão organizadora em relação a pertinência com o tema do seminário.

*30 de setembro: divulgação dos trabalhos selecionados e do programa final

* Todas as inscrições são gratuitas

Inscrições para ouvintes:
Até 21 de outubro
As inscrições para ouvintes (com nome completo e filiação institucional) devem ser enviadas para o email grupotranslatiostudii@gmail.com

* Todas as inscrições são gratuitas


Programação:
09h -11h- Comunicações
11h-13h- Comunicações
13h14h – Almoço
14h- 16 – Comunicações
16h30- 18h – Conferência final



domingo, 26 de junho de 2016

Caderno de Resumos

Caros colegas,
Está disponível o Caderno de Resumos do VI Encontro Nacional do Translatio Studii - Ensinar e Aprender Idade Média. Para acessá-lo, basta clicar no link abaixo:

Caderno de Resumos 2016

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Programação oficial dos STs disponível!

Prezados colegas, 

Abaixo disponibilizamos a tabela com a programação oficial dos STs do evento e em quais salas estão alocados.

A Organização.



ST ensino de História
mesa 01  28.06  11h13h sala 1
Gabriel Castanho
Esquecer e lembrar (n)a Idade Média: registros dos presentes
Isabela de Albuquerque Rosado do Nascimento
Inglaterra e França em perspectiva assimétrica: um estudo comparativo
Lucas Moreira Calvo
Guerras por Jesus: concílios eclesiásticos, divergências cristológicas e o ensino de história no espaço escolar
mesa 02 28.06  15h-17h sala 01
Henrique de Melo Kort Kamp
O uso de fontes históricas em sala de aula: abordagens tradicionais e algumas alternativas
Barbara Cecilia Kreischer
Pensando o ensino de Literatura e imaginário na escola: a Primeira Época Medieval
Amanda de Souza Vieira
IDADE MÉDIA E ENSINO DE HISTÓRIA: CONSIDERAÇÕES SOBRE AS MIGRAÇÕES GERMÂNICAS E A EXPANSÃO ÁRABE-MUÇULMANA NOS LIVROS DIDÁTICOS
mesa 03 28.06  17h-19h sala 1
João Batista da Silva Porto Junior
Não Basta Ensinar e Aprender é Preciso Experimentar e Recriar: A “Arqueologia Experimental” e o “Recriacionismo Histórico” como Metodologias Alternativas dos Estudos Medievais
Guilherme Antunes Junior
Imagens e gênero no medievo: uma proposta interdisciplinar para o Ensino Médio em escolas estaduais do Rio de Janeiro
Wendell dos Reis Veloso
Apontamentos sobre o Livro Didático a partir do conteúdo relacionado à Idade Média no Ensino Fundamental




ST Estado e Relaçoes de Poder
mesa 04 29.06  15h-17h sala 510
Flavia Vianna do Nascimento
Relações entre epidemias e controle da força de trabalho em Portugal no século XIV.
Cinthia Rocha
Sobre a natureza dos conflitos: considerações sobre as transformações políticas no reino de Castela no século XV por meio da análise das capelas funerárias
Dandara Arsi Prenda
A Arte de governar e a Literatura de aconselhamento nos primeiros anos do Califado Abássida
mesa 05 29.06  17h019h sala 510
Hiram Alem
O Recrutamento Militar Inglês entre os séculos XIV e XV
Maria do Carmo Parente Santos
A Reconquista das cidades ibéricas nas obras dos cronistas .
Keila Natacha Silva de Lima
Serviço a Deus, lealdade e ousadia: o perfil da nobreza na Crônica do Descobrimento e Conquista da Guiné.




ST Gênero, Corpo e Sexualidade
mesa 06 30.06 15h-17h  sala 516
Anna Beatriz Esser dos Santos
Ensinando e aprendendo a ser mulher: a normatividade feminina no Espelho de Cristina.
Francisco de Souza Gonçalves
Literatura e Sexualidade na lusofonia: acerca da Chronica del Rey D. Pedro I
Leticia Souza da Costa
A representação da sexualidade e do feminino na literatura medieval.
mesa 07  30.06  17-19h sala 516
Raquel Hoffmann
Regina est - propostas para o estudo do Estado de Rainha no Portugal Tardomedieval
Luísa Tollendal Prudente
Urraca I (1109-1126): gênero e poder régio feminino na cronística do século XII, uma proposta de pesquisa.
Suzane Mayer Varela da Silva
Lisboa, a capital de Portugal: a cidade como metáfora do feminino em meio ao período de afirmação da dinastia avisina




ST Igreja e Sociedade
mesa 08 28.06  11h-13h sala 510
Paulo Duarte Silva
‘Contra a escuridão dos erros e do abismo do pecado’: heresia e relações de poder na pregação de Cesário de Arles (502-542)
Nathália Cardoso Rachid de Lacerda
Cura animarum: o papel dos bispos em meio às manifestações de peste na Gália no século VI
Izabela Morgado da Silva
As relações de poder e as manifestações do maravilhoso na Vita Columbani
mesa 09 28.06  15h-17h sala 510
Arundo Nunes da Silva Terceiro
Os sermões santorais de Cesário de Arles: pregação,
tempo social e festa no Ocidente Medieval (século VI)
João Paulo Charrone
Gregório I e a "Bíblia dos iletrados": as imagens e suas funções na correspondência papal.
Juliana Prata da Costa
Uma discussão sobre a produção de hagiografias no período merovíngio: os casos de Venâncio Fortunato e Gregório de Tours (século VI)
mesa 10 28.06  17h-19h sala 510

Luan Ribeiro de Araujo
OS CONCÍLIOS DE BRAGA E A RELIGIÃO DAS POPULAÇÕES RURAIS NA GALIZA NO SÉCULO VI: NORMATIZAÇÃO E MARGINALIZAÇÃO
Flora Gusmão Martins
A santidade do mártir Félix de Gerona em uma paixão visigótica (séculos VI-VII)
Nathalia Serenado da Silva
Inserção batismal e regulação na Gallaecia do século VI: uma análise das características do batismo no sermão De Correctione Rusticorum.

Patrick Zanon Guzzo
Considerações sobre o debate historiográfico acerca do poder eclesiástico no Reino de Toledo (séculos IV-VII)




ST Monarquias e concepções do poder régio


mesa 11 28.06  11h13h sala 516

Caio de Barros Martins Costa
A Batalha de Agincourt e a construção da imagem de Henrique V – Inglaterra, século XV
Luís Eduardo Formentini
Isidoro de Sevilha e o valor exemplar da História: os perfis dos maus soberanos na História dos Godos
Diogo Rodrigues dos Santos
A REPRESENTAÇÃO DO GOVERNANTE NA OBRA “DO NASCIMENTO DO MENINO JESUS (SÉC. XIV)” NO REINO FRANCO
Josena Santos Nascimento
Memória, tempo e identidade na prosa história joanina (1383-1433)




St religiosidade e espiritualidade
mesa 12 28.06  17h-19h sala516
Bruno Soares Miranda
Veríssimo, Máxima e Júlia: O Livro dos Milagres dos Santos Mártires de Lisboa
Anna Carla Monteiro de Castro
A rihla de Ibn Jubayr: relato da peregrinação de um intelectual muçulmano
Leandro Ribeiro Brito
CRUX ULTRAMARINA: DA CRUZADA IBÉRICA Á CONQUISTA DA AMÉRICA E O IDEAL CRUZADÍSTICO NO NOVO MUNDO.
mesa 13 29.06  15h17h sala 516
Barbara V dos Santos
A trajetória religiosa na vita Sadalbergae: posição social e relação com autoridades religiosas. (século VII)
João Guilherme Lisbôa Rangel
A escrita da história na Legenda Áurea
Marcio Felipe Almeida da Silva
A CONSTRUÇÃO DA IMAGEM BÉLICA E DO CULTO DE SÃO TIAGO NA
CRÔNICA DE RODRIGO JIMÉNEZ DE RADA
mesa 14 29.06  17h-19h sala 516
Carlos Henrique Durlo
RELIGIOSIDADE E ESPIRITUALIDADE NAS CANTIGAS DE SANTA MARIA DE DOM ALFONSO X. ESTUDO DO TEXTO E IMAGEM
Vinícius de Freitas Morais
  A Iconografia do Martírio de Guilherme de Norwich e o crime ritual no Ocidente medieval.
Munir Lutfe Ayoub
A cerveja abençoada e a cristianização da Noruega Medieval (séc. X-XIII)
Ramon Patrick Rivas
RELIGIÃO E IDENTIDADE NA ESPANHA VISIGODA DO SÉCULO VI: CONSIDERAÇÕES SOBRE A HISTÓRIA DE LOS GODOS DE ISIDORO DE SEVILHA.




ST representações e imaginário
mesa 15 30.06 15h-17h  sala 510
Fernanda Aparecida de Carvalho Barreto
A visão estigmatizada do báraro: uma comparação entre os costumes dos escandinavos e dos selvagens d’As Crônicas de Gelo e Fogo
Luciana Araújo De Souza
O imaginário sobre a barbárie e a representação dos saxões na obra de Gildas (540-546) e no filme King Arthur (2009)
Miriam Lourdes Impellizieri Silva
OS ANIMAIS NO MEDIEVO: DOS BESTIÁRIOS À SANTIDADE
mesa 16 30.06      17h-19h sala 510
Patrícia Marques de Souza
Como ensinar e aprender a bem morrer na Idade Média?
Solange Pereira Oliveira
Os lugares de punições e provações das almas no imaginário do Além Medieval na Visão de Túndalo.
Thatiane Piazza de Melo
O GIOTTO NO PANORAMA DOS PINTORES NO SÉCULO XIV